Material composto de argila e outras matérias-primas inorgânicas, geralmente utilizadas para revestir pisos e paredes, sendo conformado por extrusão, ou por prensagem, pode ser conformado por outros processos. Pode ser esmaltado ou não esmaltado, em correspondência com os símbolos G (glazed) ou U (unglazed). As placas são incombustíveis e não são afetadas pela luz. As placas cerâmicas para revestimento são agrupadas tecnicamente pela sua classe de absorção de água e pelo método de fabricação.

Dúvida

Ao escolher o modelo que melhor harmoniza com o ambiente, é muito importante verificar se o modelo de revestimento cerâmico escolhido é indicado para o local a ser instalado, em casos de dúvidas consultar o nosso SAC.
Durante o levantamento da área a ser revestida, acrescentar no cálculo o rodapé e avaliar a necessidade de recortes especiais.
Reserva Técnica, certifique-se que a metragem do produto adquirida é suficiente, adquira sempre 5% de sobra do mesmo lote, essa reserva é recomendada para possíveis imprevistos que possam ocorrer durante a obra (reposição de placas por queda de objetos, necessidade de reparos estruturais, entre outros).

Dúvida

Bitola é a separação/padrão de tamanho das placas cerâmicas, durante o processo de fabricação ocorre inevitáveis variações dimensionais que estão previstas em normas técnicas (NBR 13818 e NBR 15463). Para facilitar o assentamento as placas cerâmicas são separadas em tamanhos (bitolas), essa separação é identificada na embalagem do produto, porém caso ocorra da metragem adquirida ser insuficiente para finalizar a obra, é necessário verificar na revenda se o lote adicional possui o mesmo padrão de bitola, caso contrário é essencial que essa separação seja realizada na obra.

VERIFIQUE SEMPRE SE O MATERIAL ADQUIRIDO POSSUI O MESMO PADRÃO DE BITOLA

Mesmo produtos retificados podem ter pequenas variações de tamanho, por isso é fundamental que a junta mínima de assentamento indicada para cada tipo de produto seja respeitada.

A identificação de tonalidade das placas cerâmicas é utilizada para separar as pequenas variações de cor entre as produções ou no mesmo período de produção, essa variação é inerente ao processo de fabricação das placas cerâmicas e ocorre quando os materiais utilizados passam pelo processo de queima.
A separação da tonalidade das placas cerâmicas é identificada na embalagem do produto, porém caso ocorra da metragem adquirida ser insuficiente para finalizar a obra, é necessário verificar na revenda se o lote adicional possui o mesmo padrão de tonalidade, caso contrário é essencial que essa separação seja realizada na obra.

VERIFIQUE SEMPRE SE O MATERIAL ADQUIRIDO POSSUI O MESMO PADRÃO DE TONALIDADE

As placas cerâmicas são inertes a ação da luz, mesmo os raios ultravioleta não provocam perda de cor ou desbotamento na superfície do material cerâmico.

Utilizar no assentamento das placas cerâmicas argamassa colante de boa qualidade seguindo a recomendação do fabricante da argamassa para o tipo de produto e ambiente, abaixo estão algumas indicações de uso:

Dúvida

Durante o recebimento do produto na obra, conferir-se:

A referência entregue é a mesma do modelo adquirido;
Todas as caixas possuem as mesmas informações de BITOLA e TONALIDADE;
O material entregue está em boas condições.
Armazenar as caixas na posição vertical com empilhamento máximo de 3 fileiras e em um local plano e coberto;
Atenção com a movimentação do produto na obra, a superfície esmaltada da placa cerâmica é vitrificada, impactos maiores podem danificar o produto (riscos superficiais, bordas lascadas, etc.).

A instalação dos revestimentos deve ser uma das últimas atividades na obra, deve-se evitar caminhar sobre o piso recém assentado e proteger os revestimentos dos resíduos da obra (areia, entulho, etc.).

O assentamento das placas cerâmicas deve seguir as recomendações normativas da ABNT NBR 13753 – Revestimento de piso interno ou externo, ABNT NBR 13754 – Revestimento de paredes internas e ABNT NBR 13755 – Revestimento de paredes externas e fachadas.

Utilizar no assentamento das placas cerâmicas argamassa colante de boa qualidade seguindo a recomendação do fabricante da argamassa para o tipo de produto e ambiente.

Para garantir uma distribuição harmoniosa e reduzir a necessidade de recortes, recomendamos simular a paginação do ambiente antes do assentamento.

Respeitar os tempos de cura para instalação das placas cerâmica, 28 dias para cura da concretagem da base ou 14 dias para a cura do contra-piso, rejuntar os revestimentos somente após 3 dias do assentamento, fazendo-se uso de pranchas largas de madeira para andar sobre o piso.

Utilizar as juntas mínimas recomendadas pelo fabricante.

Logo após o assentamento, remover o excesso de argamassa entre as placas com uma haste de madeira macia ou plástico com ponta arredondada e lisa, facilitando o rejuntamento e evitando danificar as bordas da placa cerâmica após a cura da argamassa.

Após o assentamento, verificar se existe alguma placa apresentando som cavo, a qual deve ser removida e reassentada ou substituída.

CONTRATAR MÃO DE OBRA QUALIFICADA

As juntas de assentamento são espaços regulares entre duas placas cerâmicas adjacentes, as juntas são necessárias para as seguintes funções:

a) Compensar a variação de bitola das placas cerâmicas, facilitando o alinhamento;
b) Atender a estética, harmonizando o tamanho das placas e as dimensões do pano a revestir com a largura das juntas entre as placas cerâmicas;
c) Oferecer relativo poder de acomodação as movimentações da base e das placas cerâmicas;
d) Facilitar o perfeito preenchimento, garantindo a completa vedação da junta;
e) Facilitar a troca de placas cerâmicas.
Após o rejuntamento, verificar se não apresenta trincas ou falhas, para evitar problemas de infiltração. Utilize rejunte impermeável e antimofo.

PARA REVESTIMENTOS COM TEXTURA RÚSTICA, ÁSPERA OU COM RELEVO, APLICAR UMA CAMADA DE CERA PARA PISO INCOLOR ANTES DE REJUNTAMENTO, A CERA FACILITARÁ A REMOÇÃO DO EXCESSO DE REJUNTE.

MARCA FORMATO (cm) JUNTA MÍNIMA (mm)
Lef Cerâmica 33X59 / 44X44 / 57X57
5,00
Lef Retificado 32X57,5 / 43X43 2,00
ViaÁpia Cerâmica 33X59 / 44X44 / 57X57 5,00
ViaÁpia Retificado 32X57,5 / 43X43 2,00
ViaRosa Porcelanato 72X72 / 71X71 / 54X54 2,00
ViaRosa Monoporosa
31X58 2,00
Rox Cerâmica 33X59 / 44X44 / 57X57 5,00
Rox Retificado 32X57,5 / 43X43 2,00
Rox Monoporosa 31X58 2,00
Rox Porcelanato 72X72 2,00

Caso haja dúvidas não instale o produto antes de entrar em contato com o SAC das 8:00 às 17:00h de segunda a sexta-feira.

Para uma distribuição harmoniosa, estenda algumas peças tiradas ao acaso de diversas embalagens para verificação da paginação do ambiente.

É absolutamente necessário preparar muito bem o contrapiso. Isso evitará problemas decorrentes de umidade tais como: eflorescência e manchas sobre a placa cerâmica. As placas cerâmicas devem ser assentadas a seco sobre a argamassa colante. Se a placa cerâmica estiver com excesso de pó na sua base, o mesmo deverá ser removido.

Utilize argamassa colante no assentamento tanto no piso como na parede, sempre observando as instruções do fabricante. Aplicação deve ser com desempenadeira dentada. Verifique se a argamassa colante atende as especificações normativas da ABNT.

A instalação sem juntas pode ocasionar descolamento do produto. As juntas devem garantir a completa vedação das placas cerâmicas conforme especificações normativas da ABNT.

Não dê pancadas sobre as placas com ferramentas de metal, para evitar rompimento, lascamento ou outros danos as placas. Placas cerâmicas com textura rústica e rugosa recomendamos que seja aplicada uma camada de cera incolor sobre as peças antes de ser feito o rejuntamento.

Para recortes perfeitos, utilize cortador especial e todo ferramental adequado.

Certifique-se de não haver sons “ocos” nas placas. Caso haja, deverá ser retirada e assentada novamente.

O rejuntamento só deverá ser feito 72 horas após o assentamento. Limpe imediatamente com esponja macia e umedecida em água limpa, utilize rejunte impermeável e antimofo.

Após o assentamento o revestimento cerâmico deve ser protegido até a finalização da obra contra respingos de tintas, óleos, solventes, argamassas ou quaisquer materiais abrasivos, não se deve permitir que equipamentos sejam arrastados diretamente em contato com as placas cerâmicas. A exposição ao tráfego de pessoas preferencialmente deve ocorrer depois de transcorridos sete dias após o rejuntamento.
Produtos brilhantes são mais susceptíveis ao risco, independente da classe de abrasão. Se instalados como piso, as placas cerâmicas devem ser protegidas prevendo dispositivos para limpeza de calçados (tipo capachos) em locais onde o trânsito seja intenso (locais de acesso e caminhos preferenciais), protegida com feltro do arraste de moveis, entre outras proteções necessárias de acordo com o uso.

Para limpeza das placas cerâmicas recomendamos utilizar somente água, sabão ou detergente neutro, caso seja necessário utilizar os produtos indicados abaixo:

Dúvida

Dúvida